Um ambiente inovador é parte essencial para a evolução de qualquer processo: seja da educação de uma criança ao desenvolvimento de um novo produto. Os grandes responsáveis pelo desenvolvimento dessa tecnologia mundial estão localizados em grandes polos tecnológicos espalhados pelo mundo.  

Polo tecnológico é uma expressão utilizada para referir-se a um centro de produção de alta tecnologia, baseado em informações da indústria quaternária. Em outras palavras, são centros tecnológicos e de negócios combinados especificamente e estabelecidos em torno de reconhecidos institutos de ensino e pesquisa. Tal centro reúne um ambiente que inclui recursos humanos, laboratórios e equipamentos que têm como objetivo a criação de novos processos, produtos e serviços. Tanto pequenas empresas como grandes conglomerados estão estruturados em torno de polos tecnológicos e são extremamentes importantes para o desenvolvimento do mundo e o crescimento da economia. Selecionamos 8 regiões no mundo que são destaque em inovação e tecnologia:

 

  1. Vale do Silício

É impossível não falar sobre um dos mais importantes polos tecnológicos do planeta. O Vale do Silício é localizado na Califórnia e abriga algumas das empresas mais conhecidas e presentes na tecnologia mundial, o que inclui alguns nomes bem relevantes. Apple, Yahoo! e Google podem ser citadas, mas o que realmente faz a fama da região são as empresas dedicadas exclusivamente ao hardware. No Vale do Silício também estão a Intel, AMD e NVIDIA, três das mais poderosas empresas fabricantes de processadores e placas do mundo.

  1. China

Quando pensamos na importância da Ásia no mundo da tecnologia, é comum imaginarmos a China como um dos principais setores de fabricação dos eletrônicos, mas nos esquecemos de que há muito mais. Na China, encontramos uma grande quantidade de empresas dedicadas à pesquisa e ao desenvolvimento de robôs. O território chinês ainda é lar de grupos muito importantes, como ASUS, Acer, VIA (fabricante de processadores), HTC e a Foxconn.

  1. Coréia do Sul

A Coreia do Sul abriga algumas das principais empresas da atualidade, incluindo Samsung e LG. Cidades como Seul e New Songdo, desde as roupas, veículos ou até as portas das casas, estão conectados na Internet. O país têm a ambição de  ser modelo de estilo de vida digital. Alguns exemplos futuristas são as latas de separação de lixo para reciclagem que aproveitam a tecnologia de identificação por radiofrequência para atribuir pontos toda vez que alguém deposita nelas uma garrafa. Ou telefones celulares que armazenam histórico clínico e podem servir para apresentar receitas médicas.

  1. Japão

O país é origem de muitas das empresas mais relevantes dos últimos tempos. Sony, Nikon, Toshiba e Panasonic são referências para seus segmentos. Além delas, indústrias importantes de automóveis têm origem japonesa como a Honda, Toyota e Mitsubishi. A cultura japonesa acredita no poder do trabalho como gerador de qualidade de vida e de desenvolvimento para o país. Portanto, há muito incentivo governamental na área da educação e inovação tecnológica. Dessa forma, o Japão consolidou sua indústria e se tornou um grande exportador de produtos eletrônicos, automóveis, máquinas, além de apresentar vários centros de pesquisa com foco principal em robótica, mecânica e microeletrônica.

5 .Taiwan

Taiwan desempenhou um papel importante nas tecnologias da informação e internet que moldaram as comunicações e alimentaram a terceira revolução industrial e, ainda fabrica, principalmente, produtos de baixo valor agregado. No entanto, agora que a quarta revolução industrial está em andamento, Taiwan deve recuperar-se pela reestruturação de suas indústrias. A ilha tem excelente base em manufaturados tradicionais, na fabricação de máquinas e na tecnologia da informação e comunicação. E o governo não poupa esforços para alavancar essa transformação, com orçamentos milionários para  serviços de banda larga móvel, e-commerce, aplicativos inteligentes, bancos de ensaio, indústrias de colaboração entre universidades, talento digital e ajustes regulatórios.

  1. Tel Aviv

Tel Aviv se tornou um dos grandes centros mundiais de concentração de startups e há quem diga que, por causa do potencial da região, pode ser considerada como Vale do Silício no Oriente Médio. Desafiados pela aridez do solo e pelos recorrentes conflitos militares, os israelenses procuraram investir no capital tecnológico como forma de desenvolvimento do país.  Com o alto investimento em pesquisa e desenvolvimento do país, Tel Aviv atraiu grandes empresas como Intel, Google, General Eletric e Cisco, que instalaram centros de pesquisa na cidade. Hoje, é o segundo país com mais startups listadas na NASDAQ (bolsa de valores americana), ficando atrás apenas dos EUA. As áreas de destaque de investimentos são internet, software, comunicação, healthcare e semicondutores

  1. Índia

Bangalore, a terceira maior cidade da Índia, apresenta uma taxa de alfabetização maior que a média nacional e concentra grandes indústrias do país. As startups no ramo de software, que começaram ainda nos anos 80, deram novo fôlego à economia local que hoje é conhecida como o “Silicon Valley” indiano. Considerada uma das 10 cidades mais empreendedoras do mundo, Bangalore também aposta na sinergia entre instituições públicas, privadas e universidades, a fim de fomentar os centros de pesquisa e garantir o crescimento em mão-de-obra especializada e negócios de sucesso.

  1. Singapura

Um dos polos de maior expansão na Ásia, Singapura superou a falta de espaço e recursos naturais investindo em capacitação para se tornar uma plataforma de exportação. Apesar de ainda dependente da importação de alimentos e de matéria prima, é importante exportador de equipamentos eletrônicos. A importância da tecnologia está evidente em todo o seu território, totalmente coberto por rede wifi gratuita. Várias empresas norte-americanas apostam no potencial para o desenvolvimento de software de Singapura, e a prova disso está nos escritórios e investimentos da Microsoft, IBM, HP e várias outras.

 

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de tecnologia e inovação, criada a partir da necessidade do ensino de competências digitais para uma geração que já nasceu conectada. Nosso método de ensino é baseado no conceito global STEM – Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática – que trabalha disciplinas fundamentais na formação de alunos mais preparados para lidar com os novos desafios da era digital.

Oferecemos cursos interativos de programação, desenvolvimento de games e aplicativos, robótica com drones, Internet das Coisas e mais, introduzindo os alunos a um ambiente inovador como o exigido pelo mundo atual. Por meio do aprendizado baseado em projetos, nosso conteúdo estimula o raciocínio, a criatividade e o pensamento crítico.

Incentive as habilidades essenciais para o futuro do seu filho





Powered by Rock Convert