fbpx

Conseguir uma educação completa e que desenvolva todas as competências das crianças não é uma tarefa simples. Os métodos tradicionais de ensino parecem ignorar o aparecimento da tecnologia e as novas formas de aprendizagem. As competências STEM podem transformar a educação e aparecem como uma solução para esse desafio.

Os pais devem procurar uma instituição que perceba que a educação não precisa oferecer apenas uma metodologia correta. A diversidade de abordagem e disciplinas é importante para um desenvolvimento completo dos seus filhos, já que nem todas as crianças aprendem de maneira igual.

Neste artigo, vamos falar de que modo as competências STEM podem ajudar o seu filho na escola, mostrando como desenvolvê-las e os benefícios dessa abordagem.

A importância da educação interdisciplinar

A educação interdisciplinar é muito valorizada hoje em dia, sendo fundamental que os pais prestem atenção a este ponto quando procuram uma escola para os seus filhos. As provas do secundário, de acesso à Universidade e outras formas de avaliação costumam usar questões que envolvem várias disciplinas; por isso, é importante que as crianças aprendam a lidar com esse tipo de situação.

Mas esse não é o único motivo que torna a educação interdisciplinar importante. Cada criança consegue aprender de formas diferentes — enquanto uns têm facilidade com a matemática, outros destacam-se na história, por exemplo. Quando a escola oferece uma abordagem muito rígida, os estudantes podem sofrer para atingir um crescimento intelectual adequado.

Com a abordagem STEM, eles experimentam situações que podem ajudar a desenvolver competências que serão necessárias para o mercado de trabalho e para a vida. Ela procura simular problemas reais e que podem ser solucionados de várias formas. Esse tipo de dificuldade não envolve apenas matemática ou física, é algo interdisciplinar.

Competências STEM: como as podemos desenvolver

O STEM não é uma metodologia, podendo ser entendido como uma abordagem pedagógica, já que não existe uma forma única de se trabalhar com esta proposta de ensino. Quando essa teoria é usada, estamos a falar numa educação baseada em projectos ou actividades práticas, que desenvolvem a interdisciplinaridade.

O acrónimo STEM significa ciências, tecnologia, engenharia e matemática, porém isso não indica que é necessário ter todas essas disciplinas envolvidas numa só aula. É possível, por exemplo, começar com a ciência e tecnologia e, mais para frente, introduzir matemática e engenharia. A ideia é ter esta educação baseada em projectos ou actividades práticas e com disciplinas integradas.

Uma forma de desenvolver as competências STEM é trabalhar com desafios. É proposto um desafio aos alunos, e eles têm que o resolver. Dessa forma, é possível trabalhar o protagonismo do estudante. Isso demonstra que não se trata de uma aula totalmente teórica, pois é uma abordagem mais activa, dinâmica.

Assim, é possível conseguir o desenvolvimento de várias competências, por exemplo:

  • raciocínio lógico;
  • resolução de problemas;
  • pensamento crítico;
  • criatividade, inovação;
  • comunicação;
  • colaboração.

Esse processo de desenvolvimento das competências tem que começar do zero. No início, pode ser através da parceria entre duas áreas, por exemplo. Esta estratégia não precisa de um investimento alto, sendo que não há necessidade de equipamentos sofisticados, como impressora 3D e cortador a laser.

Utilizando recursos baratos, como materiais recicláveis, e a criatividade dos professores, é possível conseguir aplicar as técnicas de forma eficiente. Por isso, é importante que os pais verifiquem se a instituição dos filhos procura maneiras de incentivar esse estilo de aprendizagem.

Benefícios, para as crianças, das competências STEM

Agora que já sabe a importância da interdisciplinaridade e maneiras de desenvolver as competências STEM nas crianças, vamos conhecer alguns benefícios que essa estratégia proporciona.

Interdisciplinaridade

Os estudantes são impulsionados a adquirir e utilizar diversos conhecimentos de diferentes segmentos num projecto, por exemplo, preparando-se assim melhor para o mercado de trabalho do futuro, que exige isso. A interdisciplinaridade faz parte da estratégia de ensino.

O foco nas questões práticas pode ser percebido em projectos relacionados com a tecnologia, como robótica. O aluno precisa de seguir princípios científicos e usar concepções matemáticas importantes, por exemplo. Esse processo é realizado de forma lúdica e intuitiva, facilitando a aprendizagem.

Foco e concentração

Quando uma pessoa está envolvida em algo, o seu poder de concentração aumenta bastante. Para as crianças, um dos benefícios é proporcionar-lhes mais foco, o que é fundamental durante o período escolar e para toda a vida. Como os problemas são diferentes, os estudantes envolvem-se e ficam focados até encontrar uma solução.

Competências básicas

A aprendizagem estimulada pela metodologia incentiva o desenvolvimento de competências consideradas fundamentais para o futuro, como comunicação, criatividade e liderança. Portanto, os benefícios não se limitam ao período escolar, sendo aproveitados por toda a vida.

comunicação é trabalhada nos projectos em grupo e na procura de uma solução, enquanto a criatividade é explorada com o uso de ferramentas tecnológicas. A liderança é estimulada de acordo com a autonomia dada ao aluno, que deve tomaras  suas próprias decisões.

Criação do sentido crítico

Outra vantagem que pode ser conseguida com as estratégias STEM é o desenvolvimento do sentido crítico. A metodologia incentiva os alunos a que sejam confrontados com questões do mundo real, tanto para aplicarem o que aprenderam na aula, como para desenvolverem uma visão mais crítica sobre o que está a acontecer.

Os alunos são incentivados a sugerir soluções sólidas baseadas em fatos e evidências, não apenas em “achismos“. Desse modo, aprendem a questionar o funcionamento das coisas e o que é colocado como verdade, tornando-se pessoas mais preparadas para enfrentar o mundo.

Neste artigo, percebemos como as competências STEM são importantes para o seu filho na escola. Elas permitem que a aprendizagem e o desenvolvimento da criança sejam completos, não limitados a disciplinas ou a uma única forma de abordagem. Dessa maneira, os jovens estarão mais preparados para lidar com os desafios estudantis e habilitados para conseguir maior destaque no mercado de trabalho.

Se gostou de perceber como funciona a aprendizagem com as competências STEM, o que acha de experimentar este tema? Se essa lhe parece uma boa ideia, aproveite a oportunidade e venha conhecer a Happy Code agora!

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos leccionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Tendo como premissa de actuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, a Happy Code lecciona os seus cursos em centros próprios ou em escolas, empresas, municípios, projectos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, estando já presente em várias zonas de Portugal.
Para saberes mais, vê os nossos cursos e segue-nos:

 face   insta   twitter    pint