fbpx

Perceber o que são fake news e aprender a identificá-las faz parte da literacia digital das crianças e adolescentes. Essa é uma competência muito importante, uma vez que circulam livremente pela internet notícias falsas ou distorcidas. 

As fake news são informações mentirosas inventadas por pessoas sem escrúpulos, ou notícias que trazem dados que estão incorrectos ou não são precisos, distorcendo os factos. Podem gerar grande confusão em alguns casos, até mesmo para quem contribui com a sua divulgação, ainda que com boas intenções. 

Atendendo a que este é um assunto muito importante, preparámos este artigo para que entenda por que deve ensinar o seu filho a identificar as fake news e de que maneira o pode fazer. 

Por que é importante saber identificar as fake news? 

A quantidade de informações que circula na internet é muito grande, no entanto, nem tudo que ali está é real. Muitas notícias são falsas, distorcidas, ou trazem dados não reais. É essencial evitar a sua propagação, para que os factos verdadeiros sejam conhecidos. 

O seu filho precisa de saber o que são fake news para que não ajude a divulgar conteúdos falsos na internet. Afinal, ele pode fazê-lo de forma ingénua ou inocente, apenas porque se interessou pelo tema e quis partilhar. 

Além disso, as fake news atrapalham aprendizagem dele, uma vez que vai estar a acreditar nas informações pouco precisas, ou em algo que talvez nem  exista. Como tal, é fundamental que o ensine a identificar essas notícias falsas para que ele tenha um olhar mais crítico sobre aquilo a que acede na internet. 

Como ajudar meu filho a não cair em notícias falsas? 

É preciso que, desde muito cedo, o seu filho aprenda a reflectir sobre aquilo que lê na internet. Da mesma forma que ele não pode acreditar em tudo o que ouve, também não deve dar total credibilidade aquilo que vê em sites ou redes sociais, devendo pensar por si mesmo e fazer as suas próprias pesquisas. 

A seguir, deixamos algumas dicas de como ajudar o seu filho a não cair nessas notícias falsas e ainda ajudar a desmenti-las, caso seja preciso. 

Estimule a análise crítica das informações 

A identificação de uma fake news começa com a análise crítica das informações fornecidas. Ensine o seu filho a ler e reflectir sobre o tema e o conteúdo, verificando se aquilo é possível e viável, se não parece algo muito exagerado e se está condizente com outras fontes. 

Ensine-o a fazer uma procura por fontes confiáveis de pesquisa 

Apresente ao seu filho sites e portais de notícia que fornecem informações fiáveis, para que ele tenha uma boa fonte de pesquisa. Ensine-o também a fazer as suas próprias pesquisas, procurando a opinião de especialistas e autoridades, estudando e comparando o que foi divulgado. 

Aponte as características de uma fake news 

Muitas vezes é fácil identificar o que são fake news através de algumas características que apresentam. Isso envolve a data de publicação, tipo de linguagem, informações vagas que não trazem nomes, datas ou qualquer outro dado preciso, tom sensacionalista, nome do autor, entre outros. 

Acompanhe aquilo a que seu filho tem acesso na internet 

Procure estar a par do que o seu filho vê e lê na internet, verificando se os sites, blogs e canais a que acede são fiáveis. Ofereça-lhe algumas opções que trazem notícias verdadeiras e realmente podem trazer alguma vantagem para a sua aprendizagem. Procure mostrar-lhe  como identificar aqueles que se focam no sensacionalismo ou em puro entretenimento. 

Além de mostrar ao seu filho o que são fake news e como identificá-las, esteja sempre à disposição dele para o diálogo. Converse sobre o assunto, ajude-o a analisar as informações e mantenha sempre um relacionamento próximo, discutindo temas da actualidade para que ele use a internet de forma saudável e que possa trazer proveito para a sua formação e aprendizagem. 

Se gostou destas dicas, não hesite em partilhar com os seus amigos!

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos leccionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Tendo como premissa de actuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, a Happy Code lecciona os seus cursos em centros próprios ou em escolas, empresas, municípios, projectos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, estando já presente em várias zonas de Portugal.
Para saberes mais, vê os nossos cursos e segue-nos:

 face   insta   twitter    pint

Powered by Rock Convert