fbpx

FAQ

As perguntas mais frequentes

Informações Gerais

QUEM SÃO VOCÊS? O QUE ENSINAM?

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos lecionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

QUAL A MISSÃO DA HAPPY CODE?

De uma forma muito simples, a nossa missão é “Formar Pensadores e Criadores do Século XXI”. Isto significa que, usando a programação como ferramenta e linguagem de pensamento, ensinamos competências transversais para que qualquer pessoa possa ter sucesso num mundo em rápida mutação.

O QUE É A METODOLOGIA “LEAN EDUCATION TECHNOLOGY”?

É a metodologia única e proprietária da Happy Code, que consiste em muito mais do que ensinar a programar. A metodologia Lean Education Technology (LET) bebe de conceitos como Design Thinking, Game Learning, Storytelling, Empreendedorismo, para criar uma metodologia de ensino de programação que envolve os alunos num ciclo de aprendizagem constante, em 3 fases:

1) Descoberta (aprender conceitos, criar projectos guiados);
2) Missão (apresentação de um desafio a resolver, desafio esse que irá gerar um projecto único);
3) Prototipagem e Pitch (criação do projeto próprio, desde a concepção da ideia, criação da história, protótipo e programação, com um pitch final que ajude os alunos a organizar e comunicar de forma simples as suas ideias).

QUAIS SÃO AS IDADES DOS VOSSOS ALUNOS?

Na sua base, a Happy Code foi criada com um público-alvo entre os 7-17 anos. À medida que a consciência sobre os benefícios da aprendizagem de programação vai aumentando, maior é também o interesse por parte de adultos e séniores, razão pela qual iremos futuramente oferecer conteúdos e metodologias de ensino específicas para outros grupos etários.

A HAPPY CODE PODE DAR AULAS EM ESCOLAS OU NOUTROS LOCAIS? QUAIS SÃO OS REQUISITOS?

A Happy Code é na sua base uma escola de competências de século XXI através da programação, sendo que a nossa metodologia de ensino e cursos não se restringe aos nossos espaços físicos, ou seja podemos levar todas as vantagens de ter aulas Happy Code para outros espaços. Nestes incluímos escolas, centros de estudo, empresas, centros de empreendedorismo, mas de uma forma mais geral, podemos dar aulas em qualquer local que atraia estudantes e com os requisitos mínimos para uma aula de qualidade.

Que requisitos são estes?
1. Espaço suficiente para pelo menos 12 alunos de forma confortável, fechado para garantir concentração.
2. Mesas e cadeiras para os alunos
3. Idealmente com existência de TV / projector e Wifi, se bem que em caso de necessidade poderemos levar estes recursos para os locais das aulas.

QUAL É O TAMANHO DAS TURMAS NA HAPPY CODE?

Para uma qualidade de ensino, é necessário haver cuidado no número de alunos por professor, especialmente porque uma metodologia de ensino que ensina os alunos a aprender, a testar, a errar, e a aprender com os erros, necessita de uma atenção quase individual. Nesse sentido os nossos cursos são dados tendo em conta um rácio máximo de 12 alunos por professor ou monitor.

QUANDO É QUE VOCÊS ESTÃO ABERTOS? QUANDO DÃO AS VOSSAS AULAS?

Durante o ano lectivo, adaptamos as nossas aulas aos horários dos alunos. Nesse sentido, estamos maioritariamente abertos nos dias de semana da parte da tarde, e ao Sábado.

Sobre a Educação Digital

PORQUE RAZÃO TODOS DEVEM APRENDER A PROGRAMAR?

A programação informática é já conhecida como a literacia do século XXI. Porquê? Não só porque é essencial ao entendimento dos desenvolvimentos tecnológicos no mundo, mas também como forma de “aprender a pensar” de uma forma lógica, racional e crítica. Por outro lado saber programar é uma ferramenta com valor ilimitado, pois aliada ao desenvolvimento da criatividade permite que qualquer pessoa possa mudar o mundo. Por outras palavras, aprender a programar não se cinge a um objectivo profissional, mas de forma muito mais abrangente é fundamental para criar verdadeiros cidadãos do século XXI, com competências e capacidade de adaptação para os desafios que o futuro irá trazer.

O MEU FILHO/A JÁ É NATIVO DIGITAL, PORQUE RAZÃO DEVE IR PARA A HAPPY CODE?

Uma das consequências do rápido desenvolvimento tecnológico, é a existência de toda uma geração que já nasceu envolvida em tecnologia, os chamados “nativos digitais”. No entanto, trata-se de uma geração de consumidores de tecnologia. Ou seja, utilizam a tecnologia de forma passiva, ao invés de transformar esse seu gosto por tecnologia, nomeadamente jogos mas não só, em algo de produtivo, educativo. Aprender programação é por isso o melhor de dois mundos, pois alia uma atracção que as novas gerações têm por tecnologia, com uma vertente educativa permitindo por isso uma abordagem activa sobre a tecnologia.

OS MIÚDOS HOJE EM DIA PASSAM DEMASIADO TEMPO ONLINE, APRENDER A PROGRAMAR NÃO PIORA ESSA DEPENDÊNCIA?

Esta é uma das principais questões existentes dos dias de hoje a propósito da dependência digital. Qual o equilíbrio entre tempo online e tempo offline, qual o equilíbrio justo e desejável entre o desejo de viver no mundo actual, tecnológico, e a necessidade de explorar e ganhar experiência em áreas não digitais. Aprender a programar não irá aumentar nem diminuir o tempo online das crianças e jovens, mas tem o condão de transformar o tempo online, de puramente passivo, para um tempo mais activo, permitindo assim gerar mais valor.

O MEU FILHO/A JÁ TEM T.I.C. NA ESCOLA, PORQUE RAZÃO DEVE TER AULAS NA HAPPY CODE?

Desde há muito que as escolas em Portugal investem nas áreas de TIC, geralmente focadas em ensinar aos alunos o que é um computador e seus componentes, bem como as ferramentas de Office. Mais recentemente assistimos a muitas escolas que investiram no ensino de programação desde o 1º ciclo, o que é excelente pois permite a nível curricular desenvolver competências únicas nos alunos. No entanto, é comum o ensino de programação nas escolas ser feito com material informático antigo, ou em quantidade insuficiente, com currículos de ensino de programação bastante básicos, que rapidamente se tornam potencialmente desinteressantes. A Happy Code entra aqui como uma solução em duas perspectivas importantes:

1) Como complemento sofisticado e inovador à aprendizagem de programaçação por parte dos alunos
2) Como parceiro das escolas inovadoras, trazendo a metodologia de ensino para dentro das escolas.

Sobre os nossos cursos

QUE TIPOS DE CURSOS VOCÊS TÊM? OUVI FALAR EM REGULARES, CURTOS, INTENSIVOS, QUE MAIS?

O objectivo da Happy Code é proporcionar soluções para todos os alunos que pretendam desenvolver as suas competências tecnológicas, e aprender as competências do século XXI através da programação. Nesse sentido propomos vários programas que diferem na sua forma de ser apresentados. Podemos de forma sucinta distingui-los da seguinte forma:

1) Cursos Regulares: são os cursos base da Happy Code, em Jogos 2D, Jogos 3D, Apps e Internet Of Things, que acontecem durante o ano lectivo, em aulas semanais de 90 minutos. Ao todo temos mais de 12 anos de cursos disponíveis, garantindo uma lógica não só de continuidade mas também de complementaridade das aprendizagens.

2) Cursos Intensivos: são em tudo similares aos cursos regulares, no entanto são dados de forma mais rápida, em aulas de 3 horas semanais.

3) Cursos Curtos: tratam-se de cursos e conteúdos diferentes dos cursos regulares, com o objectivo de dar competências tecnológicas aos alunos de uma forma muito lúdica e num curto espaço de tempo. Geralmente os cursos curtos são uma excelente forma de introdução à programação, para os alunos que posteriormente ingressam nos cursos regulares.

4) Cursos de Férias: em termos de conteúdo, os programas de férias são em tudo similares aos cursos curtos. A diferença óbvia é o facto de serem ministrados durante as férias lectivas, mas também o facto de as aulas serem mais intensivas, uma vez que cada curso de 15 horas é dado em 5 dias x 3 horas por dia.

O QUE SÃO OS VOSSOS PROGRAMAS DE FÉRIAS?

Os Campos de Férias da Happy Code, também chamados Bootcamps de Programação, realizam-se durante as férias escolares (Verão, Natal, Carnaval, Páscoa) e propõe cursos diferenciados por tipos de interesse e idades para milhares de crianças e jovens em Portugal. Tratam-se de cursos com uma importante componente lúdica, porque afinal de contas os alunos estão de férias! Mas são igualmente cursos que, desde as competências digitais mais básicas, à criação de Jogos e Apps com linguagens de programação escrita, ensinam de facto a programar e a criar, aumentando desta forma o “bichinho”.

Os cursos de programação têm uma duração de 3 horas por dia, uma vez que não pretendemos que os alunos fiquem demasiado tempo ao computador. Desta forma e para dar soluções às famílias que trabalham, oferecemos em complementaridade uma série de actividades lúdicas, artísticas e desportivas, para assim criar campos de férias muito completos e únicos!

TAMBÉM TÊM CURSOS PARA SÉNIORES?

Estamos a desenvolver conteúdos específicos de tecnologia, adaptados às necessidades de uma geração que, tendo visto muitas revoluções tecnológicas ao longo da sua vida, apenas apanhou o grande desenvolvimento das tecnologias de informação nos últimos anos. O nosso objectivo vai além de trazer a geração mais idosa para o mundo tecnológico, podendo beneficiar das vantagens que este traz, mas também permitir o desenvolvimento de uma maior capacidade de ligação ao mundo e ao conhecimento através das tecnologias.

TAMBÉM TÊM CURSOS PARA ADULTOS?

Devido ao grande número de pedidos de desenvolvimento de conteúdos e cursos para adultos, profissionais, iremos trabalhar em metodologias de aprendizagem rápida e consistente para tornar os profissionais de hoje em criadores de tecnolgia, dando-lhes o poder de transformar não só o seu próprio trabalho mas também o das suas organizações.